Minha vida como uma Lolita

|
Olá! Hoje eu vim falar sobre como é a vida de quem usa moda lolita. Esse post foi o pedido de uma leitora do blog, mas eu esqueci de tirar print e não lembro quem foi que pediu, me desculpe . Mas eu lembro das perguntas e vou respondê-las agora, vem gente! ~

Como você virou lolita?
Bom, desde criança eu amava animes, e conforme fui ficando mais velha, comecei a me interessar pela cultura japonesa, e um belo dia li um artigo sobre a moda lolita. Achei muito lindo, e durante anos fiquei só lendo sobre o assunto e salvando imagens, até tomar coragem (e juntar dinheiro) para comprar minhas primeiras peças lolita em 2013. E por um belo acaso do destino, na mesma época que comprei as coisas, conheci as lolitas da minha cidade, o que me incentivou mais ainda a investir no estilo.

Minhas inspirações
Quando eu comecei, não tinha alguém como inspiração, só fotos aleatórias que encontrava pela internet, mas conforme fui pesquisando descobri o blog da Ichigo, que foi o meu guia sagrado, onde aprendi todas as noções básicas sobre lolita. Também comecei acompanhando a Karine, sobre quem já falei nesse post aqui. E, obviamente as meninas do grupo lolita de Macapá foram uma grande inspiração para mim, pois eu não imaginava que existissem garotas tão lindas e fofas como elas na minha cidade ♥. Atualmente além das citadas acima, também me inspiro na Pastelbat e na Alanah May.

Melhor e pior parte de ser Lolita
Quanto a melhor parte, eu poderia escrever um livro inteiro! Sério gente, ser lolita é algo mágico, não tem explicação, Quando você veste seu vestido fabuloso, calça seus sapatinhos cheios de laços, e põe um laço enorme no cabelo, você se sente uma verdadeira princesa. Quando estou de lolita ando por aí como seu fosse de alguma família real, e nada pode abalar minha confiança. Os momentos em que me acho mais bonita são quando estou de lolita.
Além de sentir-se bem comigo mesma, usar lolita me deu a oportunidade de conhecer pessoas maravilhosas. Minhas amigas lolita são as melhores pessoas do mundo, e me ajudam tanto com roupas e acessórios, quanto com conselhos e palavras doces. É por isso que posso afirmar que a moda lolita mudou minha vida para melhor, pois hoje meu círculo de amizades é maior do que jamais foi, e feito só de pessoas bondosas e verdadeiras.

Diante de tanta coisa boa, fica até difícil falar de alguma parte ruim, mas obviamente esse lado existe também. O maior de todos para mim é o custo e a dificuldade em se obter peças lolitas. Não vou mentir para vocês e dizer que é fácil e que não é tão caro porque é sim. Meu outfit mais barato custou cerca de R$350 (incluindo sapatos, acessórios e tudo o mais). Isso porque só uso handmade, se  fosse roupa de marca seria beem mais caro. Outro ponto negativo, obviamente é o preconceito.

Lolita e o preconceito
Enfim chegamos ao tópico polêmico! Quando você sai na rua usando uma peruca de cachos volumosos, uma saia que parece um cupcake e um sapato parecido com o sapato de batizado de uma menina de cinco anos, é inevitável que as pessoas te olhem torto ou até façam coisas piores. Mas, pelo menos para mim, isso não é um grande problema. Veja bem, eu uso coisas estranhas desde meus 12 anos. Eu gostava do estilo Emo (não riam porque eu sei que vocês gostavam também) e Scene Kids, e fui a primeira pessoa da minha cidade a aparecer com mechas coloridas. Então eu meio que me acostumei com as pessoas me olhando por causa da minha roupa, e as pessoas também se acostumaram com minhas roupas. Quando saio de lolita as pessoas olham sim, e tem umas que faltam quebrar o pescoço e olham com cara de nojo, mas sinceramente isso não me abala mais.

Eu moro em uma cidade relativamente pequena, e aqui temos muita gente que gosta de animes, e cultura japonesa e coreana, que sempre organizam encontros e eventos, então a maioria do pessoal da cidade já se acostumou a ver gente andando "fantasiada" por aí, então o negócio é bem mais tranquilo por aqui. Mas acredito que mesmo se as pessoas tivessem mais preconceito eu continuaria não ligando para isso. O importante é você ter auto confiança e gostar do que está usando. Se eu estou feliz com minha roupa, não me importo com o que os outros estão pensando dela. Então, se você tem medo de usar lolita por causa de preconceito, apenas se jogue nas rendas e seja feliz sem se importar com a opinião alheia!


Espero que tenham gostado do post, apesar dele ter ficado enorme! O que mais vocês gostariam de ver sobre lolita aqui? Comentem!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...