Padrinhos de Tóquio

|
TokyoGodfathers-postimage
O post de hoje é sobre mais uma feliz coincidência da minha vida. Ontem de manhã, estava esperando meu tio ir me buscar pra voltar pra casa. Enquanto esperava, liguei a TV e fui passando os canais sem grandes pretensões, quando vejo um filme de título "Tokyo Godfathers" passando no canal Max. A palavra "Tokyo" chamou minha atenção, e fiquei mais interessada  ainda ao ver que era um filme em anime e que havia acabado de começar.
tokyo_godfathers
É véspera de Natal. Gin, um alcoólatra; Hana, uma ex drag queen e Miyuki, uma garota de 16 anos que fugiu de casa, formam o estranho trio de sem-tetos que encontram um bebê abandonado enquanto reviram o lixo em busca de seus presentes de natal. Gin e Miyuki querem levá-la para a delegacia, mas Hana, que sempre sonhou em ser mãe, quer ficar com a criança. Diante da impossibilidade de desabrigados criarem um bebê, decidem então partir em uma busca pela mãe de Kiyoko (nome que Hana deu ao bebê).
A verdade a respeito do abandono de Kiyoko é muito mais complexa do que eles poderiam imaginar. Mas uma trama de coincidências inacreditáveis os conduzem para mais perto da solução do mistério por trás do abandono daquela garotinha que mudou suas vidas.
Padrinhos de Tóquio é um filme de Natal totalmente atípico. Seus personagens principais são mendigos e ainda por cima um é um travesti e o outro um alcoólatra que perdeu  tudo o que tinha. Mas Talvez seja justamente por tratar de indivíduos que estão a margem da sociedade que ele se torna um excelente filme natalino. tokyo-godfathers-critica-fotoNo decorrer da trama, descobrimos os passados de cada um dos protagonistas, além de histórias extremamente realistas de outros personagens secundários. É um filme emocionante, divertido e mágico ao seu modo. Não consegui desgrudar os olhos da tela por um segundo, e sem dúvidas é um dos melhores filmes que já vi. Recomendo para todos assistirem, seja sozinho, com a família, no natal ou não, sendo fã de animes ou não.
Espero que tenham gostado do post, nunca fiz algo parecido aqui, mas precisava muito falar desse filme!
Kissus
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...